5 dicas para estruturar seu home office

Publicado em: 06/11/2020
Categoria: Empreendedorismo | Geral
Tags:
Como estruturar o Home office

Saiba como organizar um ambiente ideal para trabalhar como assistente virtual de forma organizada

Home Office virou a palavra do momento. Por conta da pandemia muitas pessoas que atuavam no escritório tiveram que improvisar lugares para trabalhar dentro de casa. Mas para quem tem esse modelo de atuação como fixo, como as secretárias remotas, a última coisa que um escritório em casa pode ser é improvisado. 

Além das questões ergonômicas e de concentração, é preciso levar o seu bem-estar em consideração na hora de montar um escritório em casa. No começo, as assistentes virtuais tendem a trabalhar da mesa de jantar, do sofá ou ser uma nômade na própria casa, parando cada hora em um lugar. Esse é um erro comum mas que pode afetar muito a motivação das profissionais: os escritórios existem para separar o momento de lazer do de trabalho.

Em home office é crucial fazer tal separação, se não, é fácil se cansar rápido do ambiente a ponto de afetar a produtividade e o momento de descanso. Pense: se teu lugar de lazer é exatamente o mesmo de trabalho, uma hora ou outra você não vai aguentar mais olhar para as mesmas paredes, a mesma decoração, ficar sentada no mesmo lugar. Então, das duas uma: ou não terá mais prazer de aproveitar sua casa nos momentos de lazer ou o trabalho vai se tornar um fardo, te deixando desmotivada. 

A primeira regra do home office, portanto, é: tenha um lugar específico só para o trabalho. O ideal é que seja um quarto separado, ou um ambiente só para isso, mas se não for possível, pode ser uma escrivaninha específica na sala, no quarto ou na sacada, por exemplo. 

Como montar um home office produtivo

Depois de separar um ambiente específico para o escritório em casa, é hora de se preocupar com os detalhes: 

  1. Ergonomia Ninguém consegue trabalhar direito com dor, certo? Então nada de pegar aquela cadeira velha com encosto reto ou um banco para trabalhar. Procure por cadeiras confortáveis que te permitam colocar os pés no chão e ficar em uma altura adequada diante da mesa — quando seus cotovelos formam um ângulo de 90° ao digitar. Ajuste a tela do computador na altura dos seus olhos, para isso, livros para regular a altura ajudam. 
  2. Iluminação e som: Garanta que o ambiente de trabalho escolhido tenha iluminação boa dia e noite, assim você pode ajustar seus horários sem se preocupar se vai forçar a vista ou não. As luzes brancas são ideais nesse caso. Outro ponto importante é garantir um lugar quieto para o trabalho, assim, durante as reuniões é possível passar mais credibilidade e profissionalismo, além de aumentar seu potencial de concentração. Com crianças e animais em casa, muitas vezes é difícil manter o silêncio, por isso, é recomendável que procure por ambiente que consiga fechar a porta ou que possa estar separada da rotina de casa. 
  3. Conexão: A conexão com a internet é tudo para quem trabalha remoto, afinal, é por meio dela que todas as atividades são executadas. Por mais que tenha um wi-fi bom, o recomendado é tentar trabalhar em um lugar que consiga fazer conexão via cabo, assim, é mais difícil de sofrer com inconstâncias no sinal. 
  4. Ambiente: Você já passou por aquele famoso bloqueio criativo, quando não consegue desenvolver algum projeto e parece que só quer sair correndo da onde está? Isso pode ter relação com o ambiente e o cômodo que escolheu para trabalhar. Acontece que lugares muito fechados e dispostos de frente para uma parede, por exemplo, fazem com que esse bloqueios sejam mais frequentes, uma vez que a mente “cansa” da vista limitada. Por isso, se possível, escolha trabalhar perto de janelas e em ambientes amplos — às vezes só mudar a posição da cadeira já faz toda diferença. 
  5. Organização: Ter um espaço organizado faz toda diferença, tanto para otimização de tempo no dia-a-dia, quanto para o melhor aproveitamento do espaço. Como em casa, geralmente, não temos gaveteiros e grandes mesas disponíveis exclusivamente para coisas de trabalho, organizar tudo de forma prática ajuda a achar os documentos importantes e liberar espaço para agendas, calendários e afins, por exemplo. 

Trabalhe de forma profissional em home office

Como um “a mais”, é possível organizar um ambiente bonito de fundo. Assim, quando for fazer chamadas de vídeo, tenha garantida uma imagem com mais profissionalismo. Se isso não for viável, é possível usar um recurso disponível em ferramentas como Zoom, Google Meets e Microsoft Teams de desfocar o fundo durante as reuniões. 

Seguindo essas dicas e mantendo o ambiente agradável, o home office se torna mais produtivo, impulsionando seus resultados como assistente virtual. Você já conhece os produtos indicados pela Camile para estruturar seu Home-Office? Veja aqui.

Publicações Relacionadas

Esgotamento emocional no trabalho remoto

Esgotamento emocional no trabalho remoto

O trabalho remoto ganhou popularidade em 2020 em decorrência da pandemia da covid-19, fazendo com que diversos profissionais precisassem reformular suas rotinas para um novo ambiente: suas próprias casas. Descubra técnicas para organizar a rotina como assistente virtual evitando a síndrome de burnout.

ler mais
Como ser assistente virtual na área da gastronomia

Como ser assistente virtual na área da gastronomia

O universo da culinária pode proporcionar inúmeras experiências para quem atua como secretária virtual O ano de 2020 foi marcado pelas incertezas da pandemia do novo coronavírus. Diversos setores, como o dos profissionais da gastronomia, foram impactados pela...

ler mais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.