Home 9 Como começar 9 Como fazer um contrato de assistente virtual?

Como fazer um contrato de assistente virtual?

Publicado em: 17/02/2021
Categoria: Como começar
Tags:
Contrato

O que uma assistente virtual deve considerar no seu contrato de prestação de serviços?

Se você já atua como assistente virtual ou está começando a nova carreira é importante que todos os seus clientes assinem contratos com termos e condições

Apesar de ser essencial que vocês tenham confiança mútua, o contrato de prestação de serviços poderá te trazer segurança financeira, evitando imprevistos e desentendimentos. Por isso, listamos no artigo abaixo algumas informações importantes para você criar o seu.

Para que serve um contrato de prestação de serviços?

Este tipo de documentação deve estar presente nos primeiros estágios de fechamento de negócio, pois ele será capaz de evitar possíveis confusões referentes a prazos, termos de pagamento, carga horária, demanda acordada, entre outros. Dessa forma, ambas as partes (contratante e contratado) poderão consultar no contrato de prestação de serviços suas dúvidas sempre que for necessário. Você poderá também, por exemplo, incluir seus termos e condições junto com o contrato.

Como assinar em plataformas de assinatura eletrônica e quais são as melhores opções?

Atualmente o Brasil conta com diferentes plataformas que auxiliam no processo de fechamento do contrato de prestação de serviços. Se você pretende trabalhar no formato 100% digital existem opções que permitem a assinatura eletrônica. Nossas principais indicações são:

Com essas ferramentas será possível assinar, inclusive de graça dependendo da opção escolhida, quantos documentos você precisar. Os planos pagos podem oferecer outras ferramentas, portanto, analise seu orçamento e suas necessidades na hora de fechar um plano. 

O que precisa constar no contrato de prestação de serviços de uma assistente virtual? 

  • termos de pagamento (valor e forma);
  • definição do objeto (escopo);
  • formas de contato e horário de atendimento;
  • provisões de rescisão contratual;
  • possíveis taxas, de acordo com os serviços prestados;
  • violação de direitos autorais; 
  • confidencialidade entre contratante e contratado; 
  • direitos legais de cada parte durante vigência de contrato.

Se você atua como assistente virtual também será necessário incluir uma cláusula de trabalho não exclusivo e sem vínculo empregatício.

Devo incluir a assinatura de testemunhas? 

Por se tratar de uma assinatura eletrônica e não digital, é recomendado que inclua duas testemunhas.

Qual a diferença entre assinatura digital e eletrônica?

A assinatura eletrônica é equivalente a uma assinatura realizada com papel e caneta fora do mundo virtual, sendo que ela é essencial para garantir a concordância entre ambas as partes em assinaturas de contratos de prestação de serviço.

Já a assinatura digital costuma ser criptografada vinculado uma segurança extra à identidade do usuário, como uma se fosse uma impressão digital. Dessa forma, ela é capaz de evitar alterações e vazamentos de informações em documentos oficiais

Quer ter acesso a modelos de contrato, distrato, planilhas e outros documentos utilizados no trabalho freelancer de Assistente Virtual?

No Clube Sou AV você encontra modelos e o também o Curso Express, que tem o passo a passo essencial para começar já a ser Assistente Virtual.

Publicações Relacionadas

Comunicação não violenta nos negócios

Comunicação não violenta nos negócios

Assistentes virtuais podem se beneficiar de uma comunicação mais estratégica, melhorando o relacionamento com os clientes Uma boa comunicação é peça-chave para o sucesso de qualquer profissional. Quem atua como assistente virtual tem nessa ferramenta sua principal...

ler mais

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.