Home 9 Como começar 9 10 dicas infalíveis para trabalhar de casa como Assistente Virtual

10 dicas infalíveis para trabalhar de casa como Assistente Virtual

Publicado em: 09/07/2021
Categoria: Como começar

Se você chegou até este conteúdo, provavelmente está buscando uma nova oportunidade ou recolocação no mercado de trabalho e a carreira como assistente virtual lhe chamou a atenção. E que bom, pois hoje você vai descobrir um pouco mais sobre a profissão, características principais, meus maiores aprendizados na área e 10 dicas infalíveis para trabalhar de casa como assistente virtual.

Por ser uma profissão ainda nova no Brasil, precisei pesquisar muito sobre como é ser assistente virtual. Basicamente estudei por conta, busquei compreender quais eram as melhores formas de trabalhar na área, como entrar no mercado e oferecer meus serviços. Foi um desafio, mas eu tinha em mente um grande objetivo: ter mais flexibilidade na rotina e poder passar mais tempo com minha filha.

Em 6 anos, acumulei experiências e aprendizados que toda pessoa precisa saber antes de começar na carreira de assistente virtual e hoje posso ajudar outras pessoas que também estão buscando uma nova oportunidade para entrarem nesse universo.

Como você pode começar na carreira de assistente virtual

Primeiro de tudo, você sabe o que uma assistente virtual faz? Bom, vamos lá: o assistente virtual trabalha à distância realizando tarefas:

  • Administrativas
  • Comerciais
  • Financeiras
  • Marketing
  • Secretariado

E muitas outras atividades!

Esta profissão é essencial tanto para executivos de grandes multinacionais quanto empreendedores, autônomos e profissionais liberais. Enfim, todos aqueles que querem utilizar seu tempo de forma mais estratégica podem contar com o auxílio de uma assistente virtual.

Confira as 10 dicas para trabalhar de casa como assistente virtual

  1. Escolha um nicho de mercado

Defina quais segmentos de negócio você deseja atender como assistente virtual. Por exemplo, você pode se focar na área jurídica, da saúde, empreendedores digitais, entre outros. Essa definição vai ser imprescindível para você se focar nas necessidades e características específicas de cada área, se tornando uma especialista.

2. Organize sua rotina

Este ponto vai variar de família para família. Trabalhar de casa na teoria pode parecer muito bom, mas para quem tem filhos, por exemplo, pode ser desafiador. É preciso estabelecer horários para trabalhar e um tempo para dar atenção aos pequenos, evitando assim que você seja interrompida com frequência. Sabemos o quanto eles demandam atenção, portanto, dividir seu tempo será crucial para que você possa ter mais equilíbrio entre trabalho e família. Peça ajuda para sua rede de apoio, caso alguém possa te ajudar com os pequenos. Crie cronogramas, faça pequenos acordos com os familiares e sinta o que funciona para todos e ao mesmo tempo que permita seu desenvolvimento como assistente virtual.

  1. Avalie seu orçamento

Começar ou mudar de carreira pode ser desafiador. Por isso, é importante fazer um planejamento financeiro para ter uma previsão dos próximos meses enquanto você procura oportunidades de trabalho como assistente virtual.

  1. Aprenda a precificar seu trabalho

É comum a pergunta “quanto uma assistente virtual ganha?” ou “qual o valor correto a ser cobrado?”. Ao definir seu valor, tenha em mente quanto você precisa ganhar por mês para cobrir suas despesas. Depois, estipule quantas horas você pretende trabalhar por dia. A partir disso, divida o valor que você tem como meta pela quantidade de horas que irá trabalhar. Então você terá seu valor por hora. É um começo, não é regra! Pode ser que no começo você negocie um valor menor até ter mais experiência e qualificação na área de assistente virtual.

Posteriormente, com a experiência e a prática, você poderá reajustar os valores que cobra por hora e até criar pacotes de serviços com preços fechados.

  1. Divulgue seu trabalho

Esta etapa é fundamental para conquistar clientes como assistente virtual. Você pode criar ou utilizar suas redes sociais para mostrar seu trabalho e ganhar credibilidade, o que te permite ser encontrada por clientes em potencial, além de mostrar suas habilidades e conhecimento.

Não se restrinja ao Instagram e grupos de Facebook: o Linkedin é uma importante rede social para encontrar trabalho e criar uma rede de contatos que podem gerar novas oportunidades.

 E nunca esqueça da sua rede de networking: usar  sua rede de contatos profissionais pode render muitas indicações e troca de experiência.

  1. Ofereça um período de teste como assistente virtual

Até que você estabeleça confiança, muitos clientes não sabem realmente o que esperar. E nem mesmo você. Por isso, se possível,  um curto período de teste é uma ótima maneira de saber como será o trabalho em conjunto. Isso também reduz o risco de estabelecer um compromisso a longo prazo que possa não ser satisfatório para você.

  1. Desenvolva habilidades de comunicação

Sua escrita e oratória farão toda a diferença na carreira como assistente virtual. Tanto durante a procura por um trabalho quanto na sua eficiência como assistente. Treine bastante, conte para as pessoas o que você faz até chegar a uma explicação clara e objetiva.

  1. Não fique parada no tempo

Se posicionar no mercado requer constante atualização. Especialmente agora com novas tecnologias surgindo. Essas mudanças foram aceleradas pelo trabalho remoto, surgindo novas ferramentas de trabalho para facilitar sua rotina como assistente virtual.

  1. Aprenda sobre negociação

Até que você seja uma assistente virtual bem estabelecida, uma dica é diariamente praticar seu pitch (do inglês, discurso) de vendas, ou seja, qual a sua argumentação, atributos, entre outros. Você é seu produto, venda da melhor maneira! Além disso, ao escolher um nicho, aprenda o máximo que puder sobre ele, assim você pode oferecer seus serviços de forma que seu cliente compreenda os benefícios de ter você como parceira no negócio.

  1. Tenha um propósito

Isso é o que vai te motivar a começar e trabalhar todos os dias. Parece utópico ou sem importância, mas seu propósito é o que te tornará uma excelente assistente virtual. Pode ser apenas a liberdade de ser sua própria chefe, mas vá além: deixar seus clientes felizes facilitando o dia-a-dia deles, estar com a família, comprar um carro, viajar. Ter metas bem estabelecidas é o que te fará ir adiante na carreira como assistente virtual

Vamos começar essa jornada?

Agora que você tem certeza de que vai ser uma assistente virtual, chegou a hora de se qualificar: conheça o passo a passo para construir essa nova profissão com o Curso de Assistente Virtual.

Neste curso você vai desenvolver as habilidades necessárias para ser uma assistente virtual, criar seu modelo de negócio e até mesmo como divulgar seu trabalho. 

Acesse agora a página do curso curso.comoserassistentevirtual.com.br e garanta a sua vaga!

Este conteúdo foi útil para você? Compartilhe para que outras pessoas conheçam mais sobre Assistência Virtual!

Publicações Relacionadas

Assistente virtual é freelancer? Entenda as diferenças!

Assistente virtual é freelancer? Entenda as diferenças!

O mercado de trabalho tem se transformado constantemente, fazendo com que surjam novos formatos e jeitos de trabalhar. Mas um que com certeza você já ouviu falar é o formato freelancer. Será que é nessa modalidade em que assistentes virtuais se encaixam? Vamos falar...

ler mais

2 Comentários

  1. Elizete Rodrigues de Jesus Gabriel Gabriel

    Boa tarde gostaria de trabalho homeOffice

    Responder
    • Heloisa Sanfelice

      Olá, Elizete!
      Criando sua carreira como Assistente Virtual você pode começar a qualquer momento. A Camile Just criou um ebook grátis em que explica como começar: https://ebookgratis.comoserassistentevirtual.com.br/
      Recomendo que leia esse ebook e acompanhe as redes sociais que ela vai realizar um evento online pra ensinar como trabalhar de casa sendo AV.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.