Home 9 Empreendedorismo 9 O que é preciso para trabalhar de casa como assistente virtual?

O que é preciso para trabalhar de casa como assistente virtual?

Publicado em: 14/07/2021
Categoria: Empreendedorismo
trabalhar como assistente virtual

O home office parece o trabalho perfeito para quem gosta de ter mais flexibilidade e, com as transformações trazidas pela pandemia, se tornou uma grande realidade para muitos profissionais. É por isso que trabalhar de casa como assistente virtual tem conquistado espaço, primeiro pelas inúmeras soluções que pode trazer para as empresas – como a contratação sob demanda e a redução de custos com quadro de funcionários – e segundo por ser uma área que, com dedicação, você pode construir uma carreira de sucesso e conquistar autonomia.

Mas a rotina home office também precisa de disciplina

Pode ser que você se sinta atraída pelo trabalho em casa por causa do conforto, de não usar uniformes ou roupas formais. No entanto, trabalhar em casa exige disciplina, pois é um ambiente com muitas distrações, principalmente para quem tem filhos. Nós já falamos neste post sobre os desafios de conciliar carreira, lar e maternidade, mas não desanime: com uma rotina bem estabelecida, você vai conseguir trabalhar de casa como assistente virtual.

As habilidades mais procuradas e valorizadas no mercado de trabalho

Para se destacar no mercado de assistente virtual, é preciso desenvolver algumas competências que atualmente estão em falta dentro das empresas. E não estamos falando de competências técnicas, mas sim, comportamentais. Segundo um relatório do Fórum Econômico Mundial, as principais habilidades valorizadas são:

  1. Capacidade de aprendizagem, ou seja, capacidade de aprender  habilidades com mais velocidade.
  2. Resolução de problemas
  3. Criatividade
  4. Pensamento crítico
  5. Inteligência Emocional
  6. Persuasão e negociação

A lista ainda contempla outras capacidades, mas estas são pertinentes para quem quer trabalhar como assistente virtual.

Conseguindo os primeiros clientes

Uma das grandes características que diferenciam os profissionais autônomos de sucesso dos demais é a capacidade de estar sempre aprendendo algo novo. E isso é muito importante para conseguir clientes, realizar parcerias e criar uma rede de networking. Desenvolver sua comunicação, técnicas de negociação e vendas é fundamental para atrair os primeiros clientes. E onde eles estão?

Listamos algumas dicas práticas para você começar a encontrar seus clientes:

  • Defina seu nicho de trabalho para decidir onde prospectar seus primeiros clientes, aprendendo quais são os problemas mais comuns desses clientes e como você pode ser a parceira indispensável para resolvê-los.
  • Conecte-se: entre ou forme uma rede de conhecidos que podem te indicar clientes em potencial.
  • Saiba responder: como você está começando como assistente virtual, pode ser que algumas perguntas te intimidem. Mas desenvolva respostas para estes momentos e se sentirá mais segura na negociação. É um passo importante para não desanimar nas primeiras negativas e melhorar continuamente.

Consegui meu primeiro cliente! E agora?

É comum o seu primeiro cliente ser seu protótipo, ou seja, a oportunidade de experimentar pela primeira vez a rotina como assistente virtual, entender quais são seus pontos fortes e quais são oportunidades de melhoria. Você pode até mesmo oferecer seus serviços gratuitamente por um período determinado para que ambas as partes se ajustem à parceria.

Também é uma forma de ajustar o tempo de suas tarefas, aprender a precificar seu trabalho e encontrar mais oportunidades as quais pode utilizar nas próximas negociações.

Importante: o contrato é indispensável para garantir que seu trabalho como assistente virtual seja seguro e de muito crescimento. É no contrato que ambas as partes estipulam o escopo do trabalho, horas dedicadas, entre outros pontos cruciais, como data de pagamento, multa de atraso, rescisões. 

Não trabalhe sem um contrato formalizado. É garantia para você e o seu cliente que a parceria será transparente e justa.

Quando sua carteira de clientes crescer, talvez seja o momento de formalizar e criar um MEI. Quem atua como assistente virtual não precisa obrigatoriamente de um MEI. No entanto, ao abrir seu CNPJ você poderá:

  • Emitir notas fiscais, e talvez seu cliente número um já solicite.
  • Terá direito a benefícios previdenciários, algo que muitos empreendedores abrem mão ao sair da CLT.

Se você já está pensando em abrir um MEI, leia este post no qual explicamos ponto por ponto sobre o MEI para assistente virtual, qual o CNAE para este tipo de serviço e os documentos necessários.

Qualidade no trabalho em casa

Por fim, e não menos importante: montar seu home office é uma etapa importante para trabalhar de casa como assistente virtual, desde a escolha de uma cadeira até mesmo os periféricos. 

  1. Tenha uma agenda ou caderno de anotações para não perder compromissos ou pontos importantes trazidos pelos clientes. 
  2. Anote suas atividades do dia e quanto tempo leva para realizá-las, assim poderá cada vez mais organizar sua rotina
  3. Faça pausas estratégicas para descansar e poder retomar com mais foco. Uma ótima técnica é o Pomodoro, que ajuda na gestão de tempo, concentração e produtividade, evitando aqueles dias em que você sente que trabalha muito e rende pouco.
  4. Alongue-se: pode ser que você não tenha tempo para exercícios físicos, mas o alongamento vai te ajudar a encarar as horas de trabalho em frente ao computador com mais disposição. Cuidar do seu bem-estar é indispensável para ser uma ótima profissional.

Destrave a sua carreira como assistente virtual!

Quer se profissionalizar, trabalhar de casa e ter uma carreira de sucesso? Conheça agora o Curso Como Ser Assistente Virtual que já formou mais de 10 mil alunas em todo o Brasil. São mais de 30 webinários com pontos essenciais para iniciar sua jornada. Acesse o curso em curso.comoserassistentevirtual.com.br/ e garanta a sua vaga!

Este conteúdo foi útil para você? Compartilhe para que outras pessoas conheçam mais sobre Assistência Virtual!

Publicações Relacionadas

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.