Home 9 Áreas de Atuação 9 Qual é a diferença entre assistente virtual e social media?

Qual é a diferença entre assistente virtual e social media?

Publicado em: 19/11/2020
Tags:
assistente virtual ou social media?

As duas profissões apresentam benefícios similares, mas não são concorrentes e sim, complementares

Profissional moderno, empreendedor, que pode trabalhar de qualquer lugar – inclusive de casa -, que precisa ter boa comunicação para interagir com diferentes clientes e públicos, que tem na sua criatividade o diferencial para o trabalho que entrega, que atua de forma autônoma, tem independência financeira e está sempre por dentro das tendências de mercado. Em qual profissão você pensou?

Essa descrição poderia ser tanto do trabalho de um social media, quanto de um assistente virtual. Sendo assim, não é raro que as pessoas confundam essas duas atuações, achando que são a mesma coisa ou atribuindo a um o serviço de outro. Esse post vai esclarecer, de uma vez por todas, o que diferencia essas duas profissões, confira.

Qual a diferença de social media e assistente virtual?

Os dois profissionais atuam online, ou seja, podem executar seu serviço de qualquer lugar, tem flexibilidade de horários e atendem clientes de diferentes partes do país. Mas existem diferenças substanciais que fazem com que as profissões sejam caminhos distintos para quem está buscando esses benefícios. 

Um assistente virtual é uma pessoa que presta serviços, geralmente operacionais, de forma remota. Os trabalhos mais comuns dentro dessa profissão são assistente financeiro, administrativo, comercial e de marketing. Entre as atividades exercidas, portanto, estão:

  • Produção de relatórios e planilhas;
  • Controle financeiro, de fluxo de caixa, contas a pagar e receber e emissão de boletos;
  • Gerenciamento de agendas, caixas de email e documentos;
  • Prospecção de clientes, gerenciamento e relacionamento com clientes, execução de ações pós-venda;
  • Transcrição, produção e revisão de textos.

Quem atua como assistente virtual não precisa, necessariamente, ter uma formação formal. As soft skills (explicamos o que é isso nesse post aqui) contam bem mais aqui, ao lado de cursos profissionalizantes — experiência pode ser um diferencial. 

Agora, um social media é um profissional que faz o gerenciamento estratégico de contas em redes sociais. Seus principais clientes são marcas ou pessoas que querem destacar seu trabalho, ganhar relevância ou promover um serviço/produto. Entre as funções comuns de social media estão:

  • Planejamento de presença digital;
  • Estruturação de planejamento de conteúdo para cada rede;
  • Criação de conteúdo;
  • Criação de grade de postagens;
  • Acompanhamento de métricas;
  • Produção de relatórios;
  • Relacionamento com o cliente. 

Uma assistente virtual pode prestar serviço de social media?

A resposta é: se tiver formação para isso, sim. Mas, o mais comum, é profissionais de marketing, blogueiros, youtubers, influenciadores e social medias contratarem uma assistente virtual para fazer a assessoria remota para alguma área. 

Além dos serviços financeiros, administrativos e comerciais que já mencionamos, é comum que assistentes virtuais que trabalham com a parte operacional de social media façam o gerenciamento de comentários nas redes, programem as postagens, levantem dados para  análise de resultados, façam gerenciamento de agenda para criação de conteúdo, ajudem no suporte com os seguidores, entre outros.

Mais do que concorrer, diria que as profissões se complementam: o social media faz a parte estratégica do trabalho, enquanto o assistente virtual o operacionaliza. As possíveis atividades como assistente virtuais são bem amplas. Quer saber mais? Leia esse artigo

……

Faça parte da maior comunidade de Assistentes Virtuais do Brasil! O Clube sou AV te dará toda a base para que você se torne uma AV de sucesso. https://www.clubesouav.com.br/

Publicações Relacionadas

Como conquistar credibilidade como assistente virtual

Como conquistar credibilidade como assistente virtual

Estabelecer um vínculo de confiança com seus clientes é fundamental para manter o sucesso do seu negócio Iniciar seu próprio negócio como assistente virtual pode ser uma alternativa eficaz para controlar sua vida financeira e ter mais flexibilidade na rotina. E, para...

ler mais
7 serviços para quem está iniciando como AV

7 serviços para quem está iniciando como AV

Existem diversas opções para você iniciar sua carreira, confira as principais e aprenda a se destacar Mudar de carreira pode ser desafiador, mas com o devido planejamento é possível investir no seu sucesso e autonomia profissional, e de quebra tirar do papel o velho...

ler mais
Recebendo e tornando os feedbacks úteis

Recebendo e tornando os feedbacks úteis

O aprimoramento das suas habilidades como assistente virtual podem ser moldados por meio de vivências positivas e negativas Independente da área de atuação, receber um feedback sincero pode exigir maturidade emocional. Como assistente virtual, você certamente...

ler mais

2 Comentários

  1. Alexandra Jusevicius

    Olá,

    Hoje trabalho em uma empresa.
    Mas o medo do desemprego com as ultimas mudanças mundiais, me deixa temerosa.
    Eu me interessei pelo curso, pois vi que posso trabalhar com a parte administrativa e financeira que é a área em que trabalho atualmente na empresa,e é sou formada em contabilidade, e o melhor que é de qualquer lugar.
    Eu gostaria de saber qual a média de ganhos mensais (pra uma iniciante), qto tempo dura o curso e em quanto tempo consigo começar a trabalhar?
    Será que daria pra no começo, exercer duas atividades? o que acham?
    Seria uma mudança muito radical para mim, mas preciso ter um plano B de carreira, uma vez que já sou aposentada e tenho quase 50 anos.
    Obrigada
    Alexandra

    Responder
    • Camile Just

      Olá, Alexandra!
      Sim, é super possível começar em paralelo com o emprego que tem no CLT, muitas alunas começam assim! E, sim, é uma mudança bem significativa – mas não tenha medo, pois encarando essa mudança, você vai descobrir que é capaz de ir muito além do que exercia na CLT, uma verdadeira transformação na vida. Pode parecer que estou “enfeitando” o texto para te agradar, mas é o realmente ouvimos das alunas todos os dias por aqui!

      Suas experiências e formação são em áreas que têm bastante demanda dos clientes que buscam assistentes virtuais, creio que tem tudo para dar muito certo. Sobre esse assunto, temos um outro artigo aqui no blog: https://www.comoserassistentevirtual.com.br/servicos-financeiros-assistente-remota/ – se não viu esse ainda, recomendo que leia.

      Sobre o faturamento médio inicial, vai depender muito do pacote de serviços que fechar, do tempo que terá disponível para atender (especialmente atuando em paralelo com a CLT) e do cálculo da sua hora – ensinamos a fazer isso em todos os nossos cursos.
      Neste momento, estamos com 3 ofertas em aberto, mas é só até o dia 30.11.20 (segunda-feira). Para conhecer as oportunidades e começar sua nova carreira ainda esse ano, acesse https://www.comoserassistentevirtual.com.br/blackweek/.

      Por fim, se tiver outras dúvidas, pode me enviar por email no [email protected], beleza?!

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.